Simulador de financiamento de Veículos – Bradesco

Para quem quer comprar carro, moto, ou veículo pesado, o Bradesco dá duas opções: Leasing e CDC (Crédito Direto ao Consumidor). A maior diferença entre eles é que o Leasing é uma espécie de arrendamento: o bem adquirido (no caso, o veículo) não fica no nome do comprador, e sim da instituição financeira. Por outro lado, com o Leasing você não precisa pagar o IOF (Imposto sobre Operação Financeira), algo que acontece no caso do CDC.

Além disso, no CDC você  pode definir o número de parcelas a pagar. Isso oferece uma vantagem: o CDC dá desconto na antecipação das parcelas. Assim, se durante o pagamento das parcelas você conseguir um dinheiro extra, pode quitar a dívida de uma vez e ganha desconto nisso. Para o Leasing, é exigido um mínimo de 24 parcelas. Sem falar que você  fica “preso”: precisa pedir autorização à instituição financeira inclusive se quiser revender o veículo.

O simulador para veículos é bem simples: você escolhe entre as opções de moto, veículo leve ou veículo pesado. Cita o ano de fabricação do veículo. Informa se é novo, tem até 5 anos de uso, mais de 5 anos ou mais de 12 anos (isso influencia no valor da entrada que você paga). Depois, informa o valor do veículo e da entrada. Por fim, indica o vencimento da primeira entrada.

O Bradesco dá a opção de pagar um CDC entre uma (à vista) e 60 parcelas mensais. Vamos dar um exemplo prático: um Uno Economy novo, à vista, sai hoje por R$ 24.000. Vamos imaginar que você quer fazer um CDC no Bradesco para comprá-lo. Suponha 10% de entrada (R$ 2.400). Calculando os juros (o simulador faz isso automaticamente), você tem 60 opções de pagamento: de uma até sessenta parcelas. Se for uma única parcela, você paga R$ 21.998,27. Sim, é menor do que o valor total do carro. Lembra o motivo? É porque o CDC concede mais descontos quanto menor for o número de parcelas. Por outro lado, se você pagar ao banco em 60 parcelas mensais, cada uma sairá por R$ 783,20. Pode parecer suave, mas esse valor multiplicado por 60 dá R$ 46.992, quase o dobro do preço original do carro! Por isso, é importante fazer um planejamento financeiro visionário, já pensando daqui a dois ou três anos. Assim, você consegue concluir se vale mais a pena pagar em poucas ou muitas parcelas, varia de caso para caso.

Deixe seu comentário